Superação dá o tom no último dia de Brasileiro Sub 23

Com judô em alto nível e disputas eletrizantes, o Campeonato Brasileiro Sub 23 chegou ao fim na manhã deste domingo com mais quatro campeões. Isadora Pereira (78kg/MG) e Priscila Souza (+78kg/MT) levaram o ouro entre as meninas, enquanto Lucas Brito (100kg/DF) e Hugo Praxedes (+100kg/SP) foram os melhores do masculino. No geral feminino, o Rio de Janeiro ficou em primeiro com dois ouros, uma prata e dois bronzes e São Paulo venceu no masculino, com quatro ouros e três bronzes.

A meio-pesado de Minas Gerais conta que esse ouro teve um gostinho especial. O Brasileiro Sub 23 foi a segunda competição forte que ela disputou desde que se recuperou de uma lesão do ligamento cruzado anterior no joelho que a deixou cinco meses fora dos tatames. A judoca já havia conquistado o bronze no Troféu Brasil deste ano e chegou mais motivada ainda para o Brasileiro.

“Eu tinha colocado essa competição como um dos meus objetivos desde que eu voltei da lesão. Fiquei cinco meses afastada consegui o pódio no Troféu Brasil e a confiança aumentou para esse Brasileiro”, disse sem conseguir conter as lágrimas.

Na final, Isadora precisou se superar mais uma vez. Abriu vantagem sobre Beatriz Oliveira (SP), sofreu o revés com um wazari da paulista, mas, com sucessivos ataques, conseguiu levar a adversária à quarta punição, vencendo, assim, o combate.

O meio-pesado masculino também teve uma história de superação protagonizada pelo campeão Lucas Brito, do Distrito Federal. Na execução de um golpe que lhe rendeu um yuko contra Gabriel Amaral (SC), Lucas bateu a cabeça no chão e, por um momento, achou que não daria para continuar. Mas, ele não desisitiu, controlou o combate e saiu vitorioso depois de bater na trave quatro vezes no Brasileiro.

“Foi o momento mais difícil da luta, porque eu me controlei para não desmaiar e não ser desclassificado”, conta. “Eu já fui prata quatro vezes, não conseguia vencer essa competição, mas hoje, apesar de ter batido a cabeça, ela foi o diferencial. Meu psicológico está mais forte e, por isso, vim muito mais motivado.”

Fotos: https://www.flickr.com/photos/oficialcbj/
Crédito: Lara Monsores/CBJ

Veja abaixo os resultados deste domingo:

Meio-pesado (78kg)
1º Isadora Pereira (MG)
2º Beatriz Oliveira (SP)
3º Ana Camargo (PR)
3º Gabrielle de Melo (RJ)

Pesado (+78kg)
1º Priscila Souza (MT)
2º Letícia Santos (PR)
3º Rebeca Miranda (MS)
3º Agatha Silva (SP)

Meio-pesado (100kg)
1º Lucas Brito (DF)
2º Gabriel Amaral (SC)
3º Caio Melo (SP)
3º Tiago Souza (MG)

Pesado (+100kg)
1º Hugo Praxedes (SP)
2º Vitor Cruz (SE)
3º Agner Quintanilha (MT)
3º Geraldo Costa (PA)